Cold case love.
“Que te dizer?
Que te amo, que te esperarei um dia na rodoviária, num aeroporto, que te acredito, que consegues mexer dentro-dentro de mim? É tão pouco. Não te preocupa. O que acontece é sempre natural - se a gente tiver que se encontrar, aqui ou na China, a gente se encontra. Penso em você principalmente como minha possibilidade de paz - a única que pintou até agora, “nesta minha vida de retinas fatigadas”. E te espero. E te curto todos os dias. E te gosto. Muito.”


CAIO FERNANDO ABREU
meus textos ♪ twitter

"Ele é grato a si mesmo pela implosão das grades. Ela sente um mundo de possibilidades inflando ao seu redor. Ele pede aos amigos que digam a ela que até está bem, levando, obrigado. Ela não oculta uma certa tristeza no olhar na frente deles. Ele espera que ela esteja feliz e bem acompanhada, com alguém decente, que tenha ao menos o carinho que ela merece. Ela torce secretamente para que tão cedo ele não encontre uma garota “melhor”."

Gabito Nunes

"E quanto mais você se importa, mais tem a perder."

Harry Potter. 

"Chega a doer. Estou apaixonado e sozinho, uma combinação bombástica, programada para me autodestruir em mais algumas semanas."

Gabito Nunes.

"Deveríamos ir embora enquanto tudo é bonito. Enquanto ainda somos alegria. E deixar na mente aquilo que ilumina, aconchega, não deveríamos sempre desistir nos momentos ruins. Não devíamos esperar as lágrimas, o desespero, a solidão. Deveríamos aprender a dizer adeus pras coisas perfeitas, porque uma hora o sol se põe e a tempestade chega, e nós ficamos observando as gotas da chuva sentindo uma sede insaciável. Esperando alguém voltar. Mas o telefone nunca toca. Ninguém chega. Deveríamos aprender a abandonar algumas coisas, sem esquecer o lado bom de tudo. Assim ficaríamos inteiros, mas não, a gente insiste só pra ver quem irá ficar. E ninguém fica. Ainda não aprendemos a nos despedir dos paraísos, e isso é um erro absurdo. Muitos não passam de miragens."

Sean Wilhelm.